sexta-feira, outubro 24, 2008

Seis Dicas para Leres Muito e Não Gastares Quase Nada


Os livros são caros? São, sim, mas com um pouco de “cabecinha”, podemos poupar imenso dinheiro e continuarmos a usufruir do prazer da leitura. Aqui vão algumas sugestões.
1- “Assalta” as bibliotecas – Municipais ou da tua escola, são excelentes para que toda a gente possa ter acesso a livros ou revistas, sem ter que pagar um só tostão. Além do mais, ajudam-te a seleccionar os livros que futuramente irás comprar: se te agradou a leitura, adquirirás a obra; se não gostaste, limitas-te a entregá-la à biblioteca. Sempre é melhor do que gastares dinheiro num livro que não te deu qualquer prazer!
2- Tira proveito dos alfarrabistas – Talvez a capa do livro possa ser um pouco “fatela” e as folhas já andarem um bocadinho amareladas, mas vamos lá a falar a sério: se podes comprar uns Maias a dois euros, por que razão vais pagar pelo mesmo romance o triplo ou o quádruplo do preço? Afinal, o que interessa é o que está dentro da capa!!
3- Tira Vantagem das feiras dos livros – Especialmente as feiras do “Livro Usado”: são sempre mais acessíveis ao bolso e, se procurares bem, encontrarás sempre algo que te agrade. Quase todas as escolas deste país, pelo menos uma vez por ano, montam uma feira do livro. Aproveita esta vantagem para ficares com obras a preços mais convidativos.
4- Aposta nos “Clássicos”- Uma Madame Bovary ou uma Viagem ao Centro da Terra são romances intemporais. Mais ainda, quase todos eles já se encontram em livro de bolso, a preços bastante convidativos.
5- Mantém-te atento aos jornais e revistas – Tornou-se uma moda a Imprensa vender ou oferecer grandes obras da literatura portuguesa ou mundial, com o objectivo de atrair mais leitores. Ainda há muito pouco tempo, a revista Sábado andava a “oferecer” livros a um euro!!
6- Encontra pessoas que também gostem de ler – Desta forma, poderás partilhar livros e leres à vontade sem pagares um tostão. Melhor ainda: os teus amigos não se aborrecerão se te atrasares no prazo de entrega!
S.C.

5 comentários:

Eu disse...

Gostei das dicas..oxalá os alunos as sigam!

Isabel Maia disse...

A ideia dos livros de bolso é bem verdade. Encontram-se boas obras e autores a preços convidativos. Quem não gosta de comprar um Oscar Wilde, um José Cardoso Pires ou um Fitzgerald a menos de 5 Euros? Eu estou rendida.

Anónimo disse...

as ideias são muito boas, e este blog também! parabéns

Ricardo Silva disse...

Excelente resumo de dicas e técnicas para um acesso mais fácil aos livros, esses grandes professores!

Gostava de lhes sugerir dois truques adicionais, que usam a internet:
1) os ebooks gratuitos e
2) a troca de livros, ou "bookcrossing".

1) Os ebooks podem ser encontrados facilmente online, por exemplo, em:
Projecto Gutenberg
Editora 'Sinapses'
Portal 'Domínio Público' (Brasil)

2) O lema do movimento internacional "bookcrossing" é: "lê, regista e liberta" :-)
Para mais detalhes, sugiro os sites:
Bookcrossing
Bookcrossing em Portugal

Boa sorte e boas leituras :-)


Com os melhores cumprimentos,
Ricardo Silva
Autor do novo ebook gratuito "Quero Voar!" disponível para download em:
www.QueroVoar.pt

10d disse...

Muito boas, as dicas!! Gostei...