domingo, outubro 19, 2008

E o livro desta semana é…

1984, de George Orwell

O livro O autor

Já toda a gente neste país ouviu falar de duas palavras: Big Brother. E muitos associam-nas imediatamente a um reality show da TVI, onde pessoas desconhecidas ou famosas são fechadas numa casa e filmadas 24 horas por dia. Ora, a razão por terem escolhido este nome para o programa, não foi uma pura coincidência: 1984 conta a história do futuro de uma Humanidade sufocada por uma eterna e constante vigilância.
Em 1984, o mundo será comandado por um supremo ditador, conhecido como o “Grande Irmão” (em inglês, Big Brother). Ele é que decide como há-de ser a nossa vida: o que comeremos, o que vestiremos, o que leremos. Controlará os nossos pensamentos, as nossas vontades, os nossos desejos.
A televisão não é apenas um simples divertimento das famílias. É também um aparelho que permite entrar pelos nossos lares e espiar as nossas conversas e atitudes. Desta forma, o “Grande Irmão” passará a ter o poder supremo na vida de todos. Por fim, as câmaras estão em todo o lado: nas casas, nos hospitais, nas ruas, nas escolas. E uma simples criança de quatro anos poderá denunciar os seus próprios pais, que serão torturados e “reeducados”.
As relações sexuais estão proibidas (só servem, com a devida autorização do Estado, para fins de procriação), o amor é considerado crime, as famílias quase que não existem. Todos devem servir e amar APENAS o “Grande Irmão”.
Ora Winston, um simples “Zé-Ninguém” que trabalha para o Ministério da Verdade, começa a contestar esta forma de vida. Todos os dias, ele senta-se numa zona da casa onde a televisão não o poderá ver, e escreve o seu diário. Em pouco tempo, junta-se à Resistência. Mas é apanhado e torturado num dos quartos mais temidos do governo: o quarto 101…
Esta obra foi escrita em 1949, e causou o pânico geral, na altura. De tal forma criou pesadelos a todos que, quando finalmente chegámos ao ano de 1984, praticamente todas as televisões do mundo afirmaram: “Este futuro ainda não chegou”.
Ainda… Ou será que já chegou? Será que já vivemos no mundo de 1984… E ainda não nos apercebemos?
Para te aguçar o apetite, apresentamos-te dois filmes da youtube: o primeiro é um excerto do filme 1984, o segundo é um anúncio publicitário absolutamente brilhante da Macintosh, realizado precisamente no mesmo ano. Descobre as semelhanças e as diferenças.

Excerto do filme
http://br.youtube.com/watch?v=xns67AVkOeI&feature=related
Anúncio
http://br.youtube.com/watch?v=OYecfV3ubP8

8 comentários:

rendadebilros disse...

Blogue muito bem pensado... esta proposta de leitura, em particular, servirá para abrir os olhos de muitos e abanar consciências.
Parabéns!

Fafe disse...

Na senda de Metropolis, de Fritz Lang.

Parabéns pela Biblioteca, já está nos "favoritos".

JMA disse...

Mil parabéns, pelas sugestões, pelas articulações, pela divulgação da língua...

bigbrother disse...

O meu nick tem algo aver com o livro..mas só o nick..todavia deixo aqui outro autor que pode vir a constar da vossa biblioteca ...
http://br.youtube.com/watch?v=LIo4H7T-NB8
Aldous Huxley: O admiravel mundo novo

Ana disse...

A equipa da BE/CRE da Escola de Serpa está de parabéns!

Continuação do bom trabalho!

Uma excelente forma de cativar os nossos alunos.

Anónimo disse...

Vejam aqui um comentário ao vosso blog!

http://terrear.blogspot.com/2008/10/porta-aberta.html

Parabéns!

Anónimo disse...

Muito obrigada pelas vossas sugestões! E CLARO que eu não me esqueci do Aldous Huxley, esse fica para a próxima!

Quanto a Fritz Lang... Esse será exibido na nossa escola, na última semana do período.

Um grande obrigado a todos vocês!

Assinado: Sandra Costa, a autora do texto

Mana disse...

Parabéns