domingo, janeiro 11, 2009

O Novo Harry Potter?

clip_image002

As críticas são unânimes: os livros Túneis são a loucura do momento e já vão em milhões de exemplares vendidos, já foram traduzidos em mais de vinte línguas e está para breve uma adaptação para cinema. A própria J.K.Rowling, criadora do universo de Harry Potter, considerou esta obra fantástica como a digna sucessora do mais famoso feiticeiro do mundo.

Porém, é melhor sermos sinceros: Túneis não é um mundo solar, cheio de inocência e de esperança. Ao contrário da fantástica sociedade dos feiticeiros, as personagens vivem na total escuridão e a crueldade é, infelizmente, mais comum do que pensamos. Trata-se de um mundo onde só os mais fortes e os mais inteligentes sobrevivem. Daí que, na nossa opinião, este é um universo que, apesar de nos viciar e de nos fascinar, não deve ser lido por crianças.clip_image004

Falemos, então, da história. Will e Chester são dois grandes amigos apaixonados por arqueologia que, acidentalmente, descobrem todo um mundo subterrâneo, com as suas tradições e regras, religiões, classes sociais, exércitos, infra-estruturas praticamente autónomas, bem como uma flora e espécies completamente distintas das dos humanos da superfície (nós). Mais ainda: apercebem-se que há cidades debaixo de cidades debaixo de cidades debaixo de cidades; antigas civilizações que desapareceram quase sem deixar rasto, sobrando apenas as pedras; uma escrita quase desconhecida; estranhas máquinas e casas; trípticos bastante bizarros; uma cópia quase fiel de uma Londres medieval subterrânea, agora abandonada devido a uma inexplicável doença contagiosa; uma pequena sociedade de humanos-escravos, desfigurada pelas condições ambientais mas pacífica; gatos gigantes que se parecem com cães; uma sinistra e violenta ordem religiosa, conhecida pelo nome Styx

O tema dos mundos subterrâneos não é novo: Júlio Verne, com o seu extraordinário romance Viagem ao Centro da Terra, já tinha concebido todo um universo debaixo da terra, especialmente no que se refere à vida animal. E muitos outros escritores, filósofos e teólogos já mencionaram a possível existência de sociedades vivendo no escuro. Os próprios cidadãos de Nova Iorque acreditam que, nas linhas de metro abandonadas, vivem humanos (chamam-lhes moles, toupeiras) que nunca viram a luz do dia. Todavia, Roderick Gordon e Brian Williams pegaram em todos estes mitos antigos e urbanos e, desta mistura, criaram algo fascinante e original.

Eis uma obra que foi feita para todos aqueles que realmente adoram voar…

S.C.

2 comentários:

Carolina disse...

Para mim, o próximo HP será a saga Twilight ! é óptimo!

Anónimo disse...

Olha, nunca ouvi falar dessa saga! Não queres apresentá-la à turma?

Sandra Costa