sexta-feira, janeiro 30, 2009

A Ciência Explica

Por que é que os pássaros, quando dormem, nunca caem do poleiro?

clip_image002 Toda a gente já viu um pássaro dormir (nem que seja o periquito da vizinha): quietinhos, sossegadinhos, muitas vezes com uma patita no ar… E não caem!! De onde é que vem este extraordinário equilíbrio, mesmo durante umas horitas de boa e confortável soneca??

Ao contrário do que muitos de nós pensamos, os seres humanos também possuem este “alerta inconsciente”: se assim não fosse, os beliches não seriam uma ideia lá muito engenhosa, e passaria a ser o pão nosso de cada dia escutarmos histórias de crianças (ou de turistas nas pousadas da juventude) que partiram a espinha ou, no mínimo, uma perna, porque, a meio da noite, viraram-se para o lado e bateram com o corpo nos azulejos impecavelmente limpos. Por isso, o equilíbrio do nosso papagaio ou catatua, enquanto dorme, não é algo assim tão incomum.

Mas voltemos aos pássaros. Estes não dormem deitados (na verdade, o dono que chegar a casa e der com o bicho estatelado no chão da gaiola, bem pode começar a preparar o seu funeral). O seu equilíbrio fantástico deve-se à disposição dos tendões nas suas pernas. Segundo o livro Porque Não Congelam Os Pinguins, da editora Casa Das Letras, O tendão flexor do músculo da coxa passa por cima do joelho, desce pela perna, contorna o tornozelo e acaba debaixo das patas. Isto quer então dizer o quê? Trocando por miúdos, o peso do corpo da ave faz com que o joelho da mesma fique dobrado, esticando assim o tendão e obrigando as patas a fecharem-se. Este mecanismo de “distribuição de peso” é tão eficaz, que já se encontraram aves ainda agarradas aos poleiros muito tempo depois de terem morrido.

Quanto ao facto de os humanos não caírem dos beliches… Bom, essa é uma questão que fica para outra ocasião.

Foto retirada do site www.dkimages.com

S.C.

2 comentários:

Carolina disse...

Bastante interessante! Já tinha observado um pássaro a dormir mas não sabia bem porque é que eles ficavam assim tão quietinhos no poleiro!

Carolina disse...

Bastante interessante! Já tinha observado um pássaro a dormir mas não sabia bem porque é que eles ficavam assim tão quietinhos no poleiro!